-------- PUBLICIDADE --------
27 de fevereiro de 2024
Cidades

ACM Neto diz que ‘aprovação em massa’ é uma vergonha para o estado

O ex-prefeito de Salvador ACM Neto (União Brasil), defendeu nesta segunda-feira (26) a revogação da portaria 190, que incentiva os professores a aprovarem os alunos, como um estímulo à “aprovação em massa”.

“Uma vergonha para nosso estado. Confesso a vocês que ouvi manifestações de fora da Bahia, dizendo que não acreditavam que pudéssemos ter um governador tão descomprometido com a educação, que virasse as costas para os professores sendo professor, e que não tivesse a capacidade de priorizar a educação, já tendo sido secretário dessa pasta. Lamento profundamente que o governador tenha visão ultrapassada, que só prejudica pessoas mais pobres”, declarou ACM Neto.

O ex-chefe do Palácio Thomé de Souza acrescenta que ‘a diferença educacional entre escolas particulares e públicas já é abissal, o que prejudica a entrada dos jovens nas universidades. Com a medida do governador Jerônimo Rodrigues, a diferença só aumentará. A Bahia é o estado com a menor proporção de concluintes do Ensino Médio inscritos para realizar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em todo o país, de acordo com Censo da Educação Superior divulgado no ano passado’.

“A aprovação em massa como defendeu o governador só aumenta ainda mais a diferença. Precisamos, ao contrário, investir nos professores, valorizar a educação pública, melhorar a qualidade da atuação das nossas escolas e tirar a Bahia dos últimos lugares do Ideb do Brasil”, complementa o ex-prefeito.

De acordo com ACM Neto, a medida do governo estadual é uma forma de maquiar os dados para pontuar melhor no Ideb. “Quando o governador defende a aprovação em massa, o governador não está preocupado com os alunos ou com suas famílias, ele está preocupado em apresentar de maneira artificial um avanço no Ideb. A gente sabe que uma das coisas mais importantes que contribuem para a nota do Ideb é a aprovação, mas não pode ser à custa do não aprendizado que a gente vai ter uma melhoria do Ideb da Bahia. Particularmente me senti envergonhado em ter o governador Jerônimo falando o que falou, se tornando motivo de crítica em todo o País, em especial dos profissionais da educação, de maneira mais especial dos professores, que merecem ser valorizados e não desprestigiados como foram com o governador Jerônimo Rodrigues”, completa.


27 de fevereiro de 2024
Cidades

Idoso é morto com golpes de faca em Jequié


Um idoso de 64 anos foi morto a golpes de faca e pedaço de madeira na noite de domingo (25), em Jequié, no sudoeste da Bahia. Segundo informações do Blog do Marcos Fraham, o corpo da vítima, identificada como Gilson de Azevedo Santos, foi encontrado pela própria companheira após perceber que a casa deles havia sido arrombada.

O óbito foi constatado pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), de acordo com a Polícia Militar. Logo em seguida, o Departamento de Polícia Técnica (DPT) foi acionado para realização da perícia e remoção do corpo.

Ainda não há informações sobre autoria nem motivação do crime. O caso é investigado pela 1º Delegacia Territorial (DT/Jequié).


27 de fevereiro de 2024
Eleição 2026

Geraldo Jr: ‘Salvador precisa deixar de ter um gerente para ter um prefeito’

O vice-governador e pré-candidato à Prefeitura de Salvador, Geraldo Júnior, disse estar confiante em sua vitória nas eleições de 2024 para transformar a capital baiana em uma cidade com mais desenvolvimento e igualdade.

A declaração foi dada em entrevista ao POD13, videocast do PT Bahia, exibido nesta segunda-feira, 26. “Salvador vai me fazer prefeito dessa cidade”, destacou, ao falar que sua gestão terá participação social e políticas inclusivas.

Na entrevista, conduzida pelo presidente do PT, Éden Valadares, e pelo escritor e jornalista Emiliano José, Geraldo disse que se aliar à esquerda foi a decisão mais acertada da sua vida e não poupou críticas à atual gestão de Bruno Reis, que é marcada pela desigualdade social, carência de escolas do ensino fundamental que só funcionam porque são custeados pelo governo Jerônimo.

O pré-candidato também reprovou a especulação imobiliária, a deterioração das áreas verdes e enfatizou que a capital é uma cidade mal planejada e constituída basicamente de concreto, além de reprovar o sistema de transporte público, que considera caótico e que tanto prejudica a população.

“Se a gente for falar de transporte público, Salvador tem uma das passagens mais caras do país e um péssimo serviço. Mobilidade urbana em Salvador o que não faz o poder municipal, faz o estadual”, disse, usando como exemplo o metrô. Sobre o modal BRT, Geraldo disse que as audiências públicas foram apenas para “constar” e que não houve um debate, de fato, com a população.

“Salvador precisa deixar de ter um gerente para ter um prefeito, Salvador precisa de um prefeito que não precisa pedir licença para entrar na sala do governador ou do presidente da República”, disse Geraldo, ao falar sobre a importância de ter um gestor aliado ao governador Jerônimo Rodrigues e ao presidente Lula.

“A gente precisa de um prefeito que dê atenção às unidades básicas de saúde, que têm a pior cobertura do país. Salvador é a capital do desemprego. Nós precisamos de uma Salvador que cuide da educação infantil, que construa creches. São 72 mil crianças, 72 mil jovens da educação fundamental, que é de responsabilidade do prefeito, mas sabe quem toma conta? O Estado, o governador Jerônimo Rodrigues”, acrescentou o vice-governador.

Ao destacar que é um homem e um político que está sempre disposto a aprender, Geraldo afirmou: “Eu só fui entender o que é cuidar de gente depois da decisão de mudar de grupo político”. O vice-governador disse que vivia numa “bolha política”, liderada pelo candidato derrotado ao Governo do Estado, ACM Neto, e que se sentia “aprisionado”.

Com a mudança, Geraldo frisou que teve um “sentimento de libertação, de alívio, liberdade”, que é e sempre foi acolhido, tem autonomia e é ouvido. “Qual vice-governador já assumiu tantas vezes o Governo, com caneta, com autonomia, com independência?” disse Geraldo, que afirmou: “Eu me redimensionei na minha vida pessoal e familiar. A minha vida familiar é outra, minha vida pessoal é outra. E falo isso com emoção”.

Geraldo disse ainda que enquanto a base do PT tem um líder político, que toma decisões coletivas, o grupo ao qual pertencia tem “chefe”. “Nesse grupo as pessoas se ouvem, elas se escutam. Nesse grupo há democracia, há respeito”, disse Geraldo, ao criticar o autoritarismo do grupo opositor.

“Tem apenas um cacique que decide o processo, mas é para tudo e em função de tudo, inclusive nas matérias que tramitam na Câmara Municipal”. Geraldo destacou, no entanto, que enquanto vereador e presidente da CMS, lutou por decisões que seguem o preceito constitucional, e que sua busca pela autonomia dos poderes foi um dos motivos que o levou a tomar a decisão de mudar de grupo.


27 de fevereiro de 2024
Bahia

Balanço da chuva: 373 desabrigados, 2.192 desalojados e seis mortes


Com base em informações recebidas das prefeituras das cidades da Bahia, a Superintendência de Proteção e Defesa Civil da Bahia (Sudec) atualizou, nesta segunda-feira (26), os números referentes à população atingida pelas enchentes que ocorrem em municípios baianos.

Até a situação presente, são 373 desabrigados, 2.192 desalojados e seis óbitos em decorrência dos efeitos diretos do desastre. O Governo da Bahia segue mobilizado para atender às demandas de emergência da população atingida pelas fortes chuvas em diversas regiões do estado.

Os números correspondem às ocorrências registradas em 75 municípios afetados. É importante destacar que, desse total, 41 estão com decreto de Situação de Emergência: Anagé, Barra, Cansanção, Cícero Dantas, Contendas do Sincorá, Cotegipe, Cravolândia, Dário Meira, Ibicuí, Iguaí, Ilhéus, Itaju do Colônia, Lagoa Real, Medeiros Neto, Milagres, Monte Santo, Muquém do São Francisco, Mutuípe, Nova Canaã, Quijingue, São Miguel das Matas, Saubara, Ubaíra, Wanderley, Maiquinique, Nordestina, Valença, Itororó, Pedro Alexandre, Santa Luzia, Angical, Paulo Afonso, Apuarema, Boa Vista do Tupim, Feira de Santana, Caetité, Itamari, Varzedo, Canavieiras, Luís Eduardo Magalhães e Santaluz.

Vale salientar que as informações são atualizadas diariamente, uma vez que as equipes das Coordenações Municipais de Proteção e Defesa Civil (Compdecs) e das secretarias municipais estão fazendo os levantamentos técnicos dos danos e prejuízos causados pelas altas precipitações.

Rodovias afetadas – A Secretaria de Infraestrutura da Bahia (Seinfra/SIT) permanece com o monitoramento das rodovias das regiões Sul, Sudoeste, Oeste e Nordeste diante das ocorrências das chuvas desde 24 de janeiro. Até o momento, foram registradas 38 ocorrências, sendo que 16 já foram concluídas.

Continue lendo…


27 de fevereiro de 2024
Brasil

Pacote de socorro a aéreas pode chegar a R$ 6 bilhões, diz ministro

Foto Sudoeste Acontece

O ministro de Portos e Aeroportos, Silvio Costa Filho, afirmou nesta segunda-feira (26) que o pacote do governo federal para financiar as companhias aéreas deve ficar entre R$ 4 bilhões e R$ 6 bilhões. De acordo com o ministro, a proposta do projeto deverá ser encaminhada para as empresas no próximo mês.

O ministro explicou que os valores serão repassados a partir de recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Um fundo garantidor deverá ser criado para dar garantias aos empréstimos que serão feitos pelas companhias. A análise do projeto é feita em conjunto com o Ministério da Fazenda e a Casa Civil.

“Estamos trabalhando na ordem de R$ 4 bilhões a R$ 6 bilhões. Essa é a demanda das aéreas. Elas acham que esses valores seriam suficientes no primeiro momento. A gente espera trabalhar para fechar o montante ao longo do mês de março”, afirmou.

Com os valores, as empresas poderão pagar dívidas, fazer investimentos e comprar novas aeronaves.

“Para o consumidor, são mais aeronaves no Brasil. A Latam sinaliza compra 15 novos aviões. A Gol, mais dez, e a Azul, mais 16. São mais de 30 aeronaves novas que vão entrar no Brasil. Isso quer dizer mais voos operando no país e levando para mais destinos”, completou o ministro.

Voa Brasil
Silvio Costa Filho também informou que a primeira etapa do Programa Voa Brasil deve disponibilizar 5 milhões de passagens aéreas a partir de março.

“Não tem nenhum recurso público neste programa. É um projeto em parceria com as companhias áreas. Cinco milhões de passagens, que vão atender 20 milhões aposentados e mais 800 mil alunos Prouni”, completou.

O ministro participou de um evento sobre investimentos em aeroportos na Bolsa de Valores de São Paulo.


27 de fevereiro de 2024
Bahia

Lotérica é arrombada e bandidos levam mais de R$ 70 mil em Ilhéus

Uma casa lotérica foi arrombada na madrugada desta segunda-feira (26), na cidade de Ilhéus, no sul da Bahia. Suspeitos fizeram um buraco em uma das paredes do estabelecimento localizado na Avenida Lótus, no bairro Nelson Costa. Segundo informações da TV Santa Cruz, mais de R$ 70 mil foram levados.

De acordo com a Polícia Militar, funcionários perceberam o furto pela manhã, quando chegaram para trabalhar e perceberam um buraco na parede.

Além do cofre ter sido arrombado, todo o sistema de câmeras de segurança do local foi destruído. Ninguém foi preso até o momento. O caso é investigado pela Polícia Civil.


27 de fevereiro de 2024
Cidades

Secretária estadual de Saúde se reúne com municípios para discutir combate à dengue

Foto Divulgação

Diante do aumento no número de casos e da confirmação de quatro mortes por dengue na Bahia, a secretária de Saúde da Bahia, Roberta Santana, fez uma reunião com gestores municipais, na noite desta segunda-feira (26), para discutir o fortalecimento de ações contra a doença.

“O Governo do Estado está aberto ao diálogo e pronto para apoiar todos os municípios. Contudo, cada ente tem que fazer a sua parte. As prefeituras precisam intensificar as ações da atenção primária e limpeza urbana, a fim de eliminar os criadouros e fortalecer a mobilização da sociedade, antes de recorrer ao fumacê. A dependência excessiva do fumacê, como último recurso, pode revelar uma gestão reativa em vez de proativa no combate à doença”, afirmou a titular da Sesab.

Diretora da Vigilância Epidemiológica do Estado, Márcia São Pedro pontuou que o encontro “foi uma oportunidade para discutir estratégias de combate ao vetor da dengue, mas também aprimorar o manejo clínico de pacientes afetados pela doença, abrangendo desde casos leves até os mais graves”.

O trabalho conjunto visa assegurar uma resposta eficiente e coordenada frente ao aumento do número de casos, especialmente em municípios que enfrentam situações epidêmicas, como Vitória da Conquista e Feira de Santana, destacando-se entre os 64 municípios em epidemia.

A resposta do governo estadual à dengue inclui a aquisição de novos carros de Ultra Baixo Volume (UBV), também conhecidos como fumacês, distribuição de aproximadamente 12 mil kits para os agentes de Combate às Endemias, intensificação dos mutirões de limpeza com o auxílio das forças de segurança e emergência, além da utilização de agentes com bombas costais em diversas cidades.

A Bahia enfrenta uma alta de casos de dengue, com um salto significativo para 16.771 casos prováveis até o dia 24 de fevereiro de 2024, marcando um aumento de quase 100% em comparação ao mesmo período do ano anterior, que registrou 8.408 casos.

A crescente preocupação é evidenciada também pela confirmação de quatro óbitos decorrentes da dengue, com vítimas em Ibiassucê, Jacaraci e Piripá, conforme análise da Câmara Técnica Estadual de Análise de Óbito.


27 de fevereiro de 2024
Cidades

Defesa de delegado preso por suspeita de vários crimes contesta ação no TJ-BA

Foto Sudoeste Acontece

Os advogados de Rogério Sá Medrado, ex-delegado da Delegacia Territorial (DT) de Remanso, no norte da Bahia, entraram com um pedido de mandado de segurança com urgência contestando a ação de três juízes da Vara Criminal da cidade.

Medrado foi preso em 2023 sob suspeita de liderar uma organização enraizada na Polícia Civil, responsável por diversos crimes, incluindo roubo, tráfico de drogas e homicídios.

O pedido alega que o ex-delegado está detido há mais de um ano por decisão da Vara Criminal de Remanso e que um habeas corpus foi solicitado ao Tribunal de Justiça da Bahia para contestar essa prisão.

A defesa afirma que, apesar de solicitações repetidas, não obteve respostas sobre o habeas corpus e que, somente após várias tentativas, é que as informações foram fornecidas e assinadas pelo escrivão da Vara e não pelos juízes.

Os advogados de Medrado requereram, portanto, uma explicação sobre por que o escrivão forneceu as informações em vez dos juízes. Eles afirmam que esse pedido de esclarecimento foi negado pelos magistrados.

A defesa alega também que essa decisão ignorou seus requerimentos e não apresentou motivos para a negativa, o que viola o direito de acesso às informações em repartições públicas, conforme a Constituição.

A defesa pediu, urgentemente, a emissão de uma certidão com informações específicas sobre o processo do habeas corpus. Também solicitou que a segurança fosse concedida para obter todas as informações requeridas.

A Justiça, por sua vez, indeferiu o pedido por entender que não há evidência clara da violação do direito de Medrado nem do perigo de não conseguir obter as informações necessárias.

Prisão

O ex-delegado foi alvo da Operação Internal Cleaning, deflagrada no dia 2 de fevereiro de 2023 pelo Ministério Público estadual, por meio do Grupo Especial de Combate às Organizações Criminosas e Investigações Criminais (Gaeco), e Polícia Civil.

Além do delegado, também foram presos dois investigadores e um escrivão. A suspeita era de que eles usavam da máquina estatal, da influência e poder de serem servidores ligados à área da segurança pública para cometer os crimes.


26 de fevereiro de 2024
Eleição 2026

Sidônio Palmeira revela planos para campanha eleitoral de 2024

O publicitário baiano Sidônio Palmeira, que atuou como marqueteiro de Lula em 2022, afirmou ter recebido diversas propostas de candidatos para as eleições municipais deste ano. No entanto, até agora, não fechou acordo com nenhum deles. A informação é do Radar, da Veja.

Em 2024, ele declarou que pode oferecer sua expertise para “conceituar” campanhas, mas não planeja se envolver diretamente na execução. Sidônio também agendou o lançamento de um livro para o dia 10 de abril, revelando os bastidores da bem-sucedida campanha de Lula. O marqueteiro espera contar com a presença do presidente no evento.


26 de fevereiro de 2024
Polícia

Atirador de elite atinge mão de homem que fazia filha refém em Fortaleza

José Matheus Santos, Folhapress

Um atirador de elite da Polícia Militar do Ceará atirou em um homem que fazia a própria filha refém na noite de domingo (25) em Fortaleza. O suspeito usou um revólver durante o ato em uma farmácia na Avenida Mozart Lucena, no Bairro Vila Velha.

A polícia disse que, quando chegou ao local, o suspeito estava com uma criança nos braços e apontava um revólver para a cabeça da criança.

O disparo do sniper foi na mão do homem. O tiro fez com que o indivíduo soltasse a arma, permitindo que os demais policiais prendessem o suspeito e salvassem a criança.

De acordo com a Polícia Militar do Ceará, equipes do Batalhão de Operações Especiais (Bope) participaram da ação. O suspeito foi levado ao hospital e depois conduzido a uma delegacia, enquanto a criança foi resgatada sem ferimentos.

Os policiais foram acionados por volta das 18h. As informações repassadas inicialmente à polícia indicavam que o suspeito invadiu a farmácia, próxima ao local da residência do casal, após ter atirado na companheira e mantinha a criança refém.

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará disse que a criança tem um ano e três meses de idade.

Testemunhas no local disseram que o suspeito atirou contra a mãe da criança e que a cabeça dela teria sido atingida. Ela foi levada pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) para um hospital de Fortaleza e está internada. A unidade, o Instituto Doutor José Frota, disse que não tem autorização para repassar informações sobre pacientes.

A Secretaria Estadual da Segurança Pública e Defesa Social confirmou que o homem, de 28 anos, foi preso por suspeita de tentar matar a própria companheira, uma mulher de 37 anos. O suspeito foi conduzido para a Delegacia de Defesa da Mulher de Fortaleza, e foi autuado em flagrante por tentativa de feminicídio.


26 de fevereiro de 2024
Bom Jesus da Lapa

Eures Ribeiro anuncia pré-candidatura à Prefeitura de Bom Jesus da Lapa

O cenário político de Bom Jesus da Lapa adquiriu novos contornos durante uma entrevista concedida na manhã desta segunda-feira (26) à Baiana FM Bom Jesus da Lapa, na qual o deputado estadual Eures Ribeiro (PSD) anunciou sua pré-candidatura à Prefeitura.

Em meio a reflexões sobre seu papel político, o deputado destacou o “sacrifício” que a decisão representa, especialmente diante das oportunidades para concorrer a uma vaga como deputado federal na próxima eleição. “Para mim, esta decisão é um sacrifício muito grande. Nosso mandato está com a perspectiva de fazer 10 prefeitos. Eu estava com o cenário para disputar a deputado federal. Para mim é uma situação complicada, mas tive que tomar uma decisão”, disse.

Eures Ribeiro anunciou o rompimento político com o atual prefeito, Fábio Nunes (PSD), explicando que, a partir de agora, ambos seguem caminhos distintos. “O rompimento aconteceu de forma saudável. Eu poderia mantê-lo no partido e após o prazo falar que eu seria candidato. Mas isso não faz parte do meu caráter. Tomei a decisão e informei ao atual prefeito antes do prazo para que ele pudesse tomar o seu rumo. Na minha carreira, jamais fiz traição política”, explicou.


26 de fevereiro de 2024
Bahia

Geddel Vieira Lima é vaiado durante eleição de condomínio em Camaçari

Foto Sudoeste Acontece

O ex-ministro Geddel Vieira Lima (MDB) foi vaiado durante a eleição de síndico do condomínio Interlagos, na Costa de Camaçari, na noite do último sábado (24). O emedebista ficou impaciente na fila de espera para a votação, que acontecia de forma híbrida. As imagens divulgadas nas redes sociais mostram Geddel irritado quando a mesa disse que a casa dele estava no nome de uma empresa.

O político reclamou e chegou a pedir para a esposa pegar o IPTU para comprovar a propriedade do imóvel. Após a confusão, os responsáveis pela eleição localizaram o nome do ex-ministro, que bradou. “Pensei que tivessem me desapropriado”. Em resposta, o ex-ministro recebeu vaias dos outros moradores que estavam no salão do clube do condomínio.