-------- PUBLICIDADE --------
22 de janeiro de 2021
Brasil

Bolsonaro volta a citar Forças Armadas e diz que estão ‘comprometidas com a democracia’

Foto: Marcos Corrêa

Jair Bolsonaro (sem partido) voltou a citar as Forças Armadas e afirmou que elas não iriam aceitar um presidente que enviesasse “para um caminho diferente da liberdade”. Durante live semanal na noite desta quinta-feira (21), o mandatário disse que os militares representam “um grande pilar da democracia”.

“Graças a Deus, aqui no Brasil, temos Forças Armadas comprometidas com a democracia e com a liberdade. Então, um grande pilar da democracia são as nossas Forças Armadas, que jamais aceitariam o convite de uma autoridade de plantão, no caso, um presidente da República, de enviesar para um caminho diferente da liberdade”, frisou.

Na última segunda (18), o presidente disse que não existe ditadura em um país caso não seja apoiado pelas Forças Armadas. Em conversa com apoiadores, ele criticou o socialismo, rechaçou o que chamou de “sucateamento” da ala militar e pontuou que “no Brasil, temos liberdade ainda”.

“Por que sucatearam as Forças Armadas ao longo de 20 anos? Porque nós, militares, somos o último obstáculo para o socialismo. Quem decide se um povo vai viver na democracia ou na ditadura são as suas Forças Armadas. Não tem ditadura onde as Forças Armadas não apoiam”, afirmou.

“No Brasil, temos liberdade ainda. Se nós não reconhecermos o valor destes homens e mulheres que estão lá, tudo pode mudar. Imagine o Haddad no meu lugar. Como estariam as Forças Armadas com o Haddad em meu lugar?”, questionou, citando Fernando Haddad (PT) candidato derrotado à Presidência na eleição de 2018.


22 de janeiro de 2021
Política

Lídice defende volta imediata das atividades no Congresso Nacional

Foto Sudoeste Acontece

A deputada federal Lídice da Mata (PSB), de 64 anos, assinou, juntamente com outros parlamentares, requerimento para a volta imediata das atividades no Congresso Nacional. Segundo a socialista, o País necessita urgentemente da atuação dos congressistas neste momento crítico.

“Estamos vivendo a fase mais difícil da pandemia. Precisamos resolver urgente o impasse com os insumos da vacina e promover a imunização em massa, além de buscar soluções para as crises sanitária e econômica que estamos passando. Diante disso, fui uma das parlamentares que assinou requerimento para a volta das atividades do Congresso Nacional”, afirmou Lídice.


22 de janeiro de 2021
Política

Dilma diz que não vai furar fila e recusa convite de Doria para ser imunizada

Foto Sudoeste Acontece

A ex-presidente Dilma Rousseff (PT) contou que recusou o convite do governador de São Paulo, João Doria, para ser vacinada. “É inaceitável ‘furar a fila’, que deve ser estritamente respeitada por todos os brasileiros”, disse a petista.

Dilma disse que seria vacinada no dia 25 de janeiro, mas recusou o convite por ética. “Agradeço, mas diante das circunstâncias tenho o dever de recusar a oferta, por razões éticas e de justiça”, disse a ex-presidente através de nota publicada em seu site.

A petista frisou que o Plano Nacional de Vacinação deve ser respeitado e não há doses disponíveis para que ela seja agora beneficiada. Ela relatou que o governador paulista a convidou para receber a dose da CoronaVac em Porto Alegre, onde vive.

No final de 2020, Dilma já tinha recusado ir para São Paulo ser imunizada junto com outros ex-presidentes. Contudo, segundo a Uol, teria dito na ocasião que aceitaria ser vacinada em Porto Alegre.

Ela acrescentou que os trabalhadores da área da saúde e os idosos que vivem em instituições de longa permanência precisam ser priorizados. “Aguardarei pacientemente a minha vez e quero adiantar que já estou com o braço estendido para receber a CoronaVac”, finalizou.


22 de janeiro de 2021
Bahia

Presidente Jair Bolsonaro entrega de obras da BR-135 no Oeste Baiano

Foto Divulgação

O presidente da República Brasileira Jair Messias Bolsonaro chegou a Coribe, no Oeste da Bahia, na manhã da última quinta-feira (21) para fazer a entrega de parte do lote 4 de obras de adequação da BR-135. Essa é a primeira visita do presidente à Bahia neste ano e a oitava desde que foi eleito.

O avião presidencial pousou no Aeroporto de Barreiras por volta das 9 horas. De lá, ele seguiu de helicóptero para Coribe, onde chegou por volta das 9h40. Bolsonaro não falou com a imprensa, mas tirou fotos com apoiadores. O presidente estava sem máscara, contrariando o decreto estadual que determina o uso obrigatório. Bolsonaro estava acompanhado dos ministros de Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, e Turismo, Gilson Machado, que também estavam sem máscaras.

Durante a cerimônia, Bolsonaro discursou e teceu elogios a Tarcísio de Freitas, a quem chamou de “figura mais importante” do seu governo. O presidente não participou de entrevista coletiva, deixou Coribe de helicóptero e retornou para Barreiras por volta das 11h10min, consoante ao G1 Bahia.

De acordo com informações do Ministério de Infraestrutura, o lote 4 tem 67 quilômetros de extensão e passa por Jaborandi e Cocos, além de Coribe. A primeira parte, que fica entre Coribe e Cocos, de 37 quilômetros, foi concluída há três anos e está em operação desde então. A rodovia é fundamental para escoamento de grãos dos estados do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia, região conhecida como Matopiba.

A readequação do lote 4 da BR-135 contempla a adequação da pista, retificação de curvas e eliminação dos pontos críticos. A BR-135 é uma rodovia federal de cerca de 2,5 mil quilômetros, que liga o Nordeste do Brasil, a partir do Maranhão, ao Sudeste, terminando em Minas Gerais. Na Bahia, a BR-135 passa por 11 municípios, entre eles Coribe, Cocos, Jaborandi, Barreiras, Riachão das Neves e Formosa do Rio Preto.


22 de janeiro de 2021
Cidades

Sebastião Laranjeiras: ex- prefeito cancela repasse de recurso no valor de até R$ 950 mil reais para o município

Foto Reprodução

A atual gestão de Sebastião Laranjeiras recebeu com profunda estranheza a notícia de que após o período eleitoral as vésperas da posse do novo governo, o ex-prefeito Josielton de Castro Muniz(Oreia), enviou ofícios a caixa econômica federal cancelando o contrato de repasse de recurso ao município no valor de 499 mil e 950 reais alocados para obras de reforma e ampliação do hospital Municipal que se encontra com sua infraestrutura deteriorada, além deste o ex-gestor oficializou desistência de outro contrato junto a caixa econômica no valor de 139 mil reais para construção de uma pista de caminhada.

Na justificativa do ofício o governo passado apresenta argumentos que de acordo com atual assessoria técnica da prefeitura não procede, pois são providências que com certeza seriam tomadas pela atual gestão para assegurar os recursos tão importantes para a população, “Houve falta de planejamento ao solicitar os recursos? porque só no final da gestão foram se atentar para essas questões burocráticas ilegais”, questiona a equipe técnica.

Um popular que pediu privacidade, revoltado com a devolução enfatizou, “É bom lembrar que o ex-secretário de infraestrutura era quem dominava as decisões políticas de executar as obras, inclusive pode estar por trás dessa decisão para impedir que a gestão de Dr.Pedro tivesse acesso aos recursos e realizasse essas obras para o novo povo”.

A redação do Radar Guanambi entrou em contato com o ex-prefeito que confirmou envio do ofício, “Só não assinei o distrato que é o que precisa para cancelar os recursos”, enfatizou.

O Radar também conversou com o gerente de filial da gerência executiva de governo na superintendência da caixa econômica em Vitória da Conquista que afirmou que não pode falar sobre assunto e que ele ia levar nossos questionamentos a assessoria competente da caixa.

Até o fechamento dessa matéria não tivemos retorno da caixa econômica, embora o ex-prefeito não tenha assinado o distrato, os recursos foram cancelados e a população de Sebastião Laranjeiras ficou prejudicada, com ordem de quem? com a palavra a superintendência da caixa econômica Federal.

Com pedido de aposentadoria, Ilona Reis sinalizou para acordo de delação premiada
EXCLUSIVAS

Apesar de o Ministério Público Federal (MPF) ter acionado o Superior Tribunal de Justiça (STJ) contra o pedido de aposentadoria de Ilona Reis, uma das quatro desembargadoras baianas presas na Operação Faroeste, sua iniciativa teve um grande significado para a comunidade jurídica e o próprio Tribunal de Justiça da Bahia.

É voz corrente entre os colegas que a desembargadora resolveu requisitar a aposentadoria porque provavelmente decidiu fazer uma delação premiada. Seria o caminho natural para quem deu a entender que não pretende voltar mais às atividades no TJ.


21 de janeiro de 2021
Brumado

MPF e MP-BA acionam prefeito de Candiba por improbidade

Foto Reprodução

O Prefeito de Candiba, Reginaldo Martins Prado (PSD), vai responder por improbidade administrativa em duas ações na Justiça Federal, ajuizadas em atuação conjunta do Ministério Público Federal (MPF) e pelo o Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA). O prefeito foi um dos primeiros a receber a vacina em seu município.

Os órgãos entenderam que o prefeito burlou os protocolos nacional e estadual e ser o primeiro a ser vacinado no município, mesmo sem integrar o grupo de prioridades da primeira fase. Nas ações está sendo requerida a condenação do gestor por ato de improbidade administrativa que atenta contra os princípios da administração pública – princípios da impessoalidade e da moralidade – e a indisponibilidade de seus bens para pagamento de multa no valor de R$ 145 mil.

Na ação, o MPF e o MP-BA ressaltaram que o momento da vacinação de Reginaldo Martins Prado foi divulgado, inclusive com fotos, no perfil oficial da prefeitura em uma rede social (Instagram) na última terça-feira (19). Porém, o prefeito tem 60 anos de idade e não reside em uma instituição para pessoas idosas e nem atua como profissional de Saúde, só podendo ser contemplado na segunda fase da campanha de vacinação.

Os órgãos pedem que a Justiça determine, em caráter de urgência, uma série de sanções ao prefeito, incluindo até o impedimento de receber a segunda dose da CoronaVac até que chegue o momento de vacinação do grupo em que se enquadra. Também é solicitado que se determine o impedimento de fornecer a vacina a qualquer outra pessoa que não se enquadre nos critérios da fase 1, em especial parentes e servidores municipais, sob pena de multa de R$ 10 mil por vacinação de pessoa vinculada ao gestor que não se enquadre no plano de vacinação.

Veja também: Secretaria de Saúde recebe denúncias de uso de declarações fraudulentas para vacinação em Vitória da Conquista

Também é solicitada a imediata desvinculação de sua imagem de todos os atos da campanha de vacinação até sua finalização, indicando outro servidor municipal para representar a prefeitura e a obrigação de realizar retratação pública, reconhecendo a ilegalidade de seu ato e destacando a importância de a população respeitar a ordem oficialmente estabelecida.

Por fim, o MPF e o MP-BA pedem a apresentação, ao final de cada etapa da vacinação, do nome, qualificação e critério de cada pessoa vacinada e a confirmação definitiva dos pedidos de urgência, além da condenação ao pagamento de R$ 50 mil, a título de indenização pelos danos morais causados à coletividade.

Em nota o MPF destacou que o caso teve ampla repercussão pela imprensa local e nacional, e que a desobediência do gestor aos protocolos do Ministério da Saúde e da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab), divulgados pela própria prefeitura na mesma rede social, foi classificado como “furada de fila”.

Segundo a ação, o gestor se valeu de seu cargo público, chefe superior da administração local, para se colocar à frente dos pouco mais de 14 mil habitantes do município, em desrespeito aos princípios da moralidade e da impessoalidade, previstos na Constituição Federal.

O município de Candiba recebeu 100 doses da vacina CoronaVac, suficientes para imunizar apenas parte do público alvo. Na primeira etapa, as doses deveriam ser restritas a trabalhadores de saúde; pessoas de 75 anos ou mais; pessoas de 60 anos ou mais institucionalizadas; população indígena aldeado em terras demarcadas aldeada, povos e comunidades tradicionais ribeirinhas.

O MP-BA já havia aberto inquérito para investigar a conduta do prefeito. O MPF-BA também abriu um procedimento para acompanhar a vacinação nos 26 municípios abrangidos pelo órgão na região de Guanambi, solicitando acesso à lista de vacinados e a comprovação que justifique a prioridade da imunização com as primeiras doses disponibilizadas.

Reginaldo Prado se manifestou no início da tarde desta quarta-feira (20). Em um vídeo publicado nas redes sociais, ele argumentou que foi convidado por profissionais da saúde para participar da aplicação da primeira dose da vacina. Segundo o prefeito, ao chegar no local, até os respectivos trabalhadores estavam preocupados em tomar a vacina e alguns solicitaram para que ele fosse o primeiro.

“Eu dei o meu melhor, autorizando a aplicação da vacina, mas tomei a vacina não preocupado com o meu bem estar, e sim em encorajar e incentivar as pessoas para que pudessem tomar a vacina”, explicou.

De acordo com o gestor, após 24h da aplicação, ele não sentiu dor no local e nem mal estar, e voltou a encorajar a população a tomar a vacina. “A vacina é eficaz, não tem dor, não tem mal estar”, garantiu.

Por fim, o prefeito pediu desculpas se houve algum equívoco nesse ato. “A maior testemunha que eu tenho é Deus e a minha mente. O meu objetivo foi dar o meu melhor, para o povo candibense e dei o meu melhor, tomando a vacina e incentivando o povo a tomar”, pontuou.


20 de janeiro de 2021
Brumado

Brumado: Oposição fica inerte em relação a falta de planejamento da Secretaria Municipal de Saúde

Foto Sudoeste Acontece

Em Brumado só tem mesmo oposição política quando estamos em ano eleitoral. Nem um candidato a prefeito da última eleição e, até os que sonham com uma possível candidatura no legislativo baiano não se manifestaram contra a falta de planejamento municipal de vacina contra o novo coronávírus (Covid-19), na Capital do Minério, que já ceifou a vida de 47 brumadenses, contaminando mais de 4000 mil pessoas.

Sem uma assessoria, a prefeitura vira alvo de críticas por parte da imprensa. Enquanto isso, os vereadores que foram empossados no dia 1º de janeiro, estão no recesso parlamentar e deverão receber o primeiro salário no próximo dia 21 antes mesmos de completar o mês. 

Espera-se uma postura séria da oposição, um grito de alerta, já que geralmente a situação é omissa e fica no silêncio enquanto a maioria da população clama por respostas do poder público em relação a vacina na cidade.


20 de janeiro de 2021
Eleições 2022

FHC alerta tucanos que voto em Lira é adeus às expectativas de ganhar as próximas eleições

Foto Camila Mattoso

Integrantes do PSDB que têm demonstrado interesse em votar em Arthur Lira (PP-AL) para a presidência da Câmara dos Deputados receberam um puxão de orelha do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso.

Segundo informações da coluna Painel, da Folha de S.Paulo, FHC pediu para que fossem compartilhada uma mensagem no grupo de WhatsApp de parlamentares tucanos dizendo que apoiar o candidato do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) seria um adeus às expectativas de ganhar as próximas eleições.

“Transmita à bancada meu sentimento: ou mostramos força e independência apoiando claramente o Baleia ou adeus às expectativas de sermos capazes de obter alianças e ganhar as próximas eleições. Se há algo que ainda marca o PSDB é a confiança que ele é capaz de manter e expressar. Quem segue a vida política estará olhando, que ninguém se iluda”, diz o texto.

O PSDB faz parte do bloco de apoio a Baleia Rossi (MDB-SP), lançado por Rodrigo Maia (DEM-RJ), mas parte da bancada de 33 parlamentares tem indicado que pode não seguir a decisão partidária.


20 de janeiro de 2021
Política

Arthur Maia diz que Rodrigo Maia tentou dar “golpe parlamentar”

Foto Sudoeste Acontece

O deputado federal baiano Arthur Maia (DEM) afirmou, em entrevista ao jornalista José Eduardo, na rádio Metrópole, nesta terça-feira (19), que o atual presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia (DEM-RJ), tentou dar um “golpe parlamentar” ao tentar se reeleger, antes do Supremo Tribunal Federal (STF) proibir.

“Tento se manter no cargo eternamente. Ao meu ver, seria um ‘golpe parlamentar’. Não vou votar na Câmara em uma candidatura de oposição pura e simplesmente”, disse Arthur Maia.

O baiano apoia e faz campanha declarada a Arthur Lira (PP-AL), candidato do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Enquanto isso, Rodrigo Maia apoia o nome do deputado Baleia Rossi (MDB-SP).


19 de janeiro de 2021
Brumado

Beto Bonelly usa as redes sociais em protesto por condições de gabinete parlamentar

Foto Reprodução

O vereador Beto Bonelly, representante municipal eleito pela população brumadense na eleição de 2020, venho por meio desta nota esclarecer e tornar público o que se segue:

1. A Câmara municipal de Brumado, em sua legislatura anterior aprovou o aumento do número de vereadores de 13 para 15, o que por consequência exigiu também o aumento do número de gabinetes, de forma a proporcionar aos novos vereadores boas condições de trabalho e para a recepção de pessoas. Infelizmente isso não foi feito, e os novos gabinetes destinados não dispõem dos equipamentos e mobiliários suficientes para tais fins.

2. No processo de divisão dos gabinetes, me foi destinado um destes novos locais, porém, desprovido de todo o tipo de equipamentos eletrônicos e mobiliários básicos, itens necessários ao desempenho de minhas funções como representante municipal. No dia 6 de Janeiro foi enviado um ofício ao atual presidente eleito da câmara municipal o informando da situação em que estava o gabinete e solicitando providências, porém até o momento nada foi resolvido.

3. Destaco que sou constantemente abordado por populares, apoiadores e entusiastas de minha campanha que desejam encontrar-me em meu gabinete para apresentar sua realidade, suas necessidades e anseios, porém isto não está sendo possível no momento em virtude da ausência das mínimas condições de se estar recebendo pessoas lá, já que o gabinete nem mesmo possui uma cadeira para que elas possam se sentar e dialogar.

4. Embora ainda ausentes as condições para se receber pessoas nas instalações de meu gabinete na câmara municipal, gostaria de deixar bem claro que continuo trabalhando em prol da comunidade brumadense, dialogando com a população nas ruas e cumprindo minhas competências como vereador lutando por melhorias na vida da população.

5 A foto acima retrata a situação atual do gabinete , completamente desprovido de seus materiais básicos, prejudicando o meu trabalho como parlamentar e a interação com a população que confia e acredita em meu trabalho. No momento venho utilizando notebook de propriedade pessoal, já que tal equipamento não me foi fornecido pela Câmara.

6 Por fim, espera-se que toda essa situação seja resolvida o quanto antes para que eu possa receber de portas abertas a população brumadense em meu gabinete e trabalhar em prol das medidas necessárias à melhoria de nossa cidade e da vida das pessoas que aqui estão. Vereador Beto Bonelly